Tags

, ,

“Do ponto de vista de financiamento do governo não há nenhum problema, você poderia mudar a meta de resultado primário para acomodar uma aprovação do auxílio emergencial. É só o governo mandar a proposta para o Congresso Nacional”, avaliou o economista José Oreiro, professor de economia da Universidade de Brasília (UNB).

Link para a matéria completa: https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/economia/2021/10/sem-fonte-para-o-auxilio-brasil-guedes-e-pressionado-a-ampliar-auxili.html