Tags

, ,

13 de maio de 1888. A princesa Isabel de Orleans e Bragança, chefe de Estado em funções, devido a ausência do Imperador, que estava em Paris tratando as complicações de sua diabetes, assina a Lei Áurea declarando extinta a escravidão em todo o Império. Uma página vergonhosa na história do Brasil é, finalmente, virada. A protagonista foi a primeira mulher a exercer o cargo de chefe de Estado no Brasil, neta da Arquiduquesa da Áustria e nossa Primeira Imperatriz, Dona Leopoldina; que no dia 05 de setembro de 1822 havia assinado, na qualidade de presidente do Conselho de Estado, o ato formal da Independência do Brasil. Dois momentos memoráveis de nossa história. Ambos protagonizados por mulheres.

Era outro Brasil. Antes dos tempos obscuros. Antes de Bolsonaro