BBB dos neocom (http://www.monitormercantil.com.br/mostranoticia.php?id=74889)

Publicações desenvolvimentistas, inclusive o MM e blogs de acadêmicos, estão sendo monitoradas por correntes retrógradas da política e da economia, o que demonstra estarmos do lado certo. Um dos alvos do patrulhamento foi a entrevista publicada na edição de Carnaval com o professor José Luiz Oreiro, da UnB. Incomodados com a observação de Oreiro de que o crescimento antecede a poupança, e não o inverso, os neocom tupiniquins forneceram novo argumento contra o fanatismo ortodoxo, ao admitirem que o aumento da poupança gera sobrevalorização cambial no longo prazo. É tudo de que o Brasil não precisa.

Anúncios